popolomondo associação cultuRAL                                                                    empowered by Joana Lopes

CONTACTO

Voa comigo!

(+351) 939 383 644    |    popolomondo@gmail.com   |    ou visita-me no     

DANÇA africana

"DANÇA AFRICANA

da Tradição ao Contemporâneo "

com música ao vivo com Paulo das Cavernas e músicos convidados

Este trabalho intitulo como "uma visão e 'tradução' contemporânea da Dança Africana". Ou seja, considerações e movimentações que têm base em estudos, encontros e formações sobre danças de países da costa oeste africana, como Burkina Faso, Guiné Konacry, Senegal, realizadas sob uma ótica e um lugar social específicos.

Com a minha experiência como formadora desde 2003, percebi que para além de dar a conhecer 'tradições' de África, é mais importante, no contexto europeu no qual me encontro, ensinar e precisar a técnica dos movimentos que caracterizam a Dança Africana, que carrega em si a cultura, a religiosidade e os costumes dos povos de África que devem ser valorizados mundialmente".

O objetivo destes encontros é, entre outros, despertar nos participantes sensações que as danças africanas e suas específicas e precisas movimentações são capazes de causar nos corpos e mentes a partir de estímulos dos sons produzidos por instrumentos percussivos e melódicos, comandados pelo pesquisador e artista português Paulo das Cavernas.

A tradução que trago hoje da dança africana é ter a representação mais natural possível dos movimentos, pois eles carregam em si a cultura, a religiosidade e os costumes do povo africano. Subentende a nível pessoal e profissional, a riqueza que esta cultura transmite, na sua aceitação e inclusão.

 
 

"Farisogo Sira - O Caminho do corpo”

 

Os 5 Elementos e os 5 Ritmos de Gabrielle Roth na Dança Africana

com música ao vivo de Paulo das Cavernas e músicos do Projeto Sementinha.

O workshop “Farisogo Sira - O Caminho do Corpo, na Dança Africana” traduz o projeto realizado por

Eva Azevedo em pesquisas, criações e formações nesta visão contemporânea da Dança Africana

com o objectivo de apresentar aos bailarinos uma nova forma de executar os movimentos.

Conduzindo-os à descoberta individual do corpo através da associação dos 5 elementos naturais –

Terra, Água, Ar, Fogo e Espaço – em conexão com os 5 ritmos expressivos e criativos traduzidos

pela bailarina e escritora Gabrielle Roth – Quietude, Fluidez, Stacatto, Lírico e Caos.

        Esta formação tem como objecto de estudo o caminho que o corpo faz ao som da dança africana,

sem perder a técnica na execução dos movimentos, de maneira a interpretá-los com naturalidade.

A ideia central é difundir a visão do projecto “Farisogo Sira” para que os 5 elementos

da natureza ganhem voz na dança africana representados por Eva.

OBJECTIVOS GERAIS

 - A tradução que trago hoje da Dança Africana é ter a representação mais natural possível dos movimentos; pois eles carregam em si a cultura, a religiosidade e os costumes do povo africano, e subentendo que não devo ocultar essa essência. Este ponto de vista contemporâneo obtive através de pesquisas, formações e encontros realizados com profissionais africanos, espanhóis, franceses e ingleses.

 - Em laboratório criativo tive a percepção de que cada expressão rítmica traduz um elemento da natureza, pois assim é constituído o nosso corpo. A  partir desta capacidade de compreensão desenvolvi, inicialmente, o projecto Procura, no qual trabalhei a dança africana contemporânea de forma a exteriorizar os 5 elementos da natureza – terra, água, ar, fogo e espaço. Com apoio da revisão bibliográfica deparei com a obra de Gabrielle Roth – “Os Ritmos da Alma“, onde o contexto literário fala da expressividade e criatividade natural de cada bailarino. Trata-se de uma prática onde não há nenhuma classe de juízo ou norma que interfira no processo de cada pessoa. Todo o processo neste laboratório de dança passa por um ciclo de 5 ritmos – Fluído, Lírico, Stacatto, Quietude e Caos.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS 

 - Trabalhar a técnica da Dança Africana de forma a exteriorizar nos movimentos os 5 elementos da natureza e os 5 ritmos de Gabrielle Roth;

 - Orientar os bailarinos para a execução e pesquisa individual dos 5 elementos da natureza e dos 5 ritmos de Gabrielle Roth;

 - Sentir as diferentes qualidades e expressões do movimento característico da Costa Oeste de África;

 - Explorar os exercícios para a libertação e para o desenvolvimento criativo individual, usando as aprendizagens desenvolvidas no decorrer da formação;

- Dar origem a espectáculos a partir do entendimento de cada bailarino;

 - Após o trabalho realizado na formação Farisogo Sira, tendo como regra apresentar os movimentos por mim transmitidos nos laboratórios de dança em forma de uma troca mútua.

Cursos 2017-18

 

CURSO MENSAL Nivel II
Escola de Dança Dance 4U - Matosinhos

(com ligação para o link)

https://www.facebook.com/events/276971742790597/?acontext=%7B%22action_history%22%3A[%7B%22surface%22%3A%22dashboard%22%2C%22mechanism%22%3A%22calendar_tab_event%22%2C%22extra_data%22%3A%22%7B%5C%22dashboard_filter%5C%22%3A%5C%22upcoming%5C%22%7D%22%7D]%2C%22ref%22%3A2%2C%22source%22%3A2%7D

(

CURSO MENSAL

em Leon- Espanha, organizado por Bumtaka
(com ligação para o link)

https://www.facebook.com/events/1655154617893336/?acontext=%7B%22action_history%22%3A[%7B%22surface%22%3A%22dashboard%22%2C%22mechanism%22%3A%22calendar_tab_event%22%2C%22extra_data%22%3A%22[]%22%7D]%2C%22source%22%3A2%7D